sábado, 24 de setembro de 2011

Serenata.



E se o silêncio me permitir ainda sentirei o perfume de suas notas...

Nenhum comentário:

Mil cartas

Tantas portas eu abri Tentando te encontrar E tantas outras bati Para fingir que te esqueci. Tantas orações eu entoei Não ...