sexta-feira, 11 de março de 2011

Mais um poema bobo de amor com "a" minúsculo.


E um dia eu sonhei nós dois.
Um piano.
Uma música qualquer. 
O silêncio de gritos de alegria.

E percebi que estava á chorar.
O calor de seus dedos aqueceram meu coração.
E não queria que acabasse.
Desejaria ser real.

E sofri novamente.
Eu e você.
Só aqui.
Juro que senti seu abraço.

Mil cartas

Tantas portas eu abri Tentando te encontrar E tantas outras bati Para fingir que te esqueci. Tantas orações eu entoei Não ...