sábado, 17 de julho de 2010

Somos crianças?

Talvez porque com o passar dos anos aquela tal pureza azul bebê toma cores mais fortes congestionando o céu.
Mas bem lá no fundo sei que ela nunca desaparece por completo. Lá reside em um pequeno baú prateado, guardado por um pequeno cadeado de ouro. A chave? Sempre podemos encontrá-la no momento certo, no inesperado instante que mais precisamos dela.

(Vanessa Alves)




segunda-feira, 12 de julho de 2010

Brincar de sonhar...


Esses dias descobrí que não somos nós que escolhemos um livro, ele deve nos escolher primeiro...
Que ler não é apenas inalar ar e soltar conjuntos de letras... Mas sim desentalar sentimentos nas profundezas de nossas almas.
Libertar desejos intocáveis e delirar com os pés na eternidade.

É voltar a ter esperança. Fazer pedido ás estrelas.


































# Que final você quer para seu dia hoje?



quinta-feira, 1 de julho de 2010

That would be love?


Engraçado como me deparei em um dia inesperadamente com seu nome aqui em minhas veias
Engraçado dilema do qual temia por pensar doer, mas nem senti nada
Engraçado como seu sorriso impregnou em meus lábios.

Engraçado como me perdi em seus olhos e me achei em sua boca
Engraçado como o vento enaltece seu poder
Engraçado como tudo isso me faz delirar...
Enlouquecer.



# Não sente o perfume das rosas?


- Sua face ainda me causa cargas elétricas.



Mil cartas

Tantas portas eu abri Tentando te encontrar E tantas outras bati Para fingir que te esqueci. Tantas orações eu entoei Não ...