quarta-feira, 2 de junho de 2010

Adeus meu quase amante...




" As pontas de seus dedos através da minha pele
As palmeiras balançando ao vento,
Imagens
Você cantou canções de ninar espanholas,
A mais doce tristeza em seus olhos
Truque inteligente

Bem, eu nunca quis te ver infeliz
Eu pensei que você queria o mesmo para mim

Adeus meu quase amante
Adeus meu sonho sem esperança
Estou tentando não pensar em você
Você pode apenas me deixar?
Tanto tempo meu romance sem sorte
estou virada de costas para você
Eu deveria saber que você me traria dor de coração?
Quase amantes sempre trazem

Nós andamos ao longo dessa rua movimentada,
Você pegou minha mão e dançou comigo,
imagens
E quando você foi embora, beijou meus lábios
Você me disse que nunca me deixaria esquecer essas Imagens

Bem, eu nunca quis te ver infeliz
Eu pensei que você queria o mesmo para mim

Adeus meu quase amante
adeus meu sonho sem esperança
Estou tentando não pensar em você
Você pode apenas me deixar?
Tanto tempo meu romance sem sorte
minhas costas estão viradas para você
Eu deveria saber que você me traria dor de coração?
Quase amantes sempre trazem

Eu não consigo ir para o oceano
Não consigo dirigir nessas ruas a noite
Não consigo acordar de manhã
sem você na minha mente
Então você se foi, e eu estou assombrada
E eu aposto que você esta bem
É tão fácil assim entrar e sair da minha vida?

Adeus meu quase amante
adeus meu sonho sem esperança
Estou tentando não pensar em você
Você pode apenas me deixar?
Tanto tempo meu romance sem sorte
minhas costas estão viradas para você
Eu deveria saber que você me traria dor de coração?
Quase amantes sempre trazem "

A Fine Frenzy - Almost Lover 

 

 

# Talvez tudo fosse um sonho que por mais que quisesse não despertara á tempo de cessar tais lágrimas que de mim se apossáram por longos dias. Ou talvez não quisesse acordar daquilo que me fazia tão bem. Mas no fundo sabia... A culpa não foi sua. Talvez não minha...


5 comentários:

Jennifer Karolyne disse...

lindos textos, alguns me "tocaram" bastante. parabéns pelo blog! beijinhos :)

Vanessa Monique disse...

Lindos textos!
Parabéns.
Sua visita é importante para mim.
www.fluem.blogspot.com
:*

Lucí disse...

Obrigada pelo vizita e lindas palavras em meu blog..

As vezes a gente acha que nunca vai se recuperar e se levantar de algumas situações, mas o tempo sempre resolve tudo e um dia vc irá entender que o mal era necessário para evitar dores ainda maiores.

;)

Mas a verdade é que sempre há um culpado..

Bjo.

Lucí disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Day D. disse...

Obrigada pelo comentário! Adorei *-* Valeu mesmo!
Adorei a letra da música! Vou ouvir :)
O blog está liindo!
Beijo beijo :*

Mil cartas

Tantas portas eu abri Tentando te encontrar E tantas outras bati Para fingir que te esqueci. Tantas orações eu entoei Não ...