domingo, 27 de junho de 2010

Don't you know?

Agarre suas alegrias,
Rasgue suas tristezas.

Pise no orgulho,
Levante a bandeira da humildade.

Faça alguém feliz...

A beleza vem de dentro
Depende dos olhos de quem a vê.


# O espelho reflete o que você bem entender...

sábado, 19 de junho de 2010

Pétalas ao vento ...



É isso mesmo que me leva á beira da loucura,
O modo como seu corpo me chama,
O poder dos seus olhos de raio x ,
O sorriso que quebranta minhas muralhas,
Por mais que tente fugir, você sempre será a minha cura. 

(Vanessa Alves)




# Love's not a mystery, it's everything...
( Lily Allen / Drivin' Me Wild )




segunda-feira, 7 de junho de 2010

Welcome to my Tea Party!


- 1 pitada de imaginação cor de rosa
- 2 colheres de sobremesa de bombons 
 ( aqueles que os devorou á meia noite enquanto todos dormiam)
- 5 pitadas leves de sedução lilaz
- 13 gotas de malícia aquecidas em forno brando
-3 beijos lançados pelo espelho
-1 sonho caliente que lhe fez suspirar
- 4 borboletas fosforescentes no estômago
- 1 gota dos lábios do seu primeiro beijo
- 2 pétalas da sua última estação
- 1 lágrima diluída em 10 litros de sorrisos sem motivo




_________________________________________________
Seu nome aquí


sábado, 5 de junho de 2010

# Wake up! More dreans ...

Você me diz que tudo aquilo foi um grande erro. Que o passado não volta mais a ser o que era, mas você não parece tão assustador quando me ergue e me faz girar sob o sol.
Você diz que me esqueceu e que não me ama mais. Rasgou todas minhas cartas, lançou ao chão e vidros foram o que sobraram. Me afirma com todas as letras que não me deseja mais e que nunca sofreu por mim, mas nos seus sonhos eu reino soberana.



Joga na minha cara que devo te deixar e ser forte, mas quem esmurra as paredes não tem créditos suficientes. Por que é tão difícil aceitar?

(...)
Então acorde! Não passa de mais um sonho seu ...

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Há um beijo de distância


A ideia parecia ótima, mas me dava calafrios estar naquela casa com incontáveis quartos, lindos quadros que pelo pôr-do-sol não pareciam tão bonitos como uma hora atrás. Mas estar ali com ele era o que me confortava e me protegia de tal nostalgia adolescente. 
Quando me chamou á observarmos pela janela.


Mas aqueles olhos verdes me fazia desviar com grande sucesso de minhas desilusões pelo qual me trouxeram á procurá-lo.
Meu melhor amigo era somente ele,  meu melhor sorriso era sempre em sua presença. 
Parece que ele lia meu pensamento e se atirou naquelas águas que invadiam de vapor todo o jardim e chamavam estrelas, que por sua vez assistiam a Lua descer com seu poder.
Por mais que insistisse meus pés não se mexiam e minhas mãos perderam os sentidos. Aquele sorriso me chamava, seu jeito me hipnotizava.
Bobo como só ele conseguia me domar.
Fingia que se afogava, logo depois flutuava erguendo as mãos á me chamar. Descia novamente, repetia seu pretexto. Despertou-me um sorriso meio brando ,não podia negar, apenas cedia.
Enquanto descia os degraus tudo voltou a minha mente, os medos voltaram á reinar, e lágrimas começaram á salgar minha boca. Mas prosseguia...
Quando menos esperava lá  estava eu de cara com tais olhos. Ofegantes.

- Acho mesmo que nunca encontrei " o cara "...

E ele apenas aparou meus lábios e disse:
- Ou talvez nunca tenha se distanciado dele ...

( ... )



quarta-feira, 2 de junho de 2010

Adeus meu quase amante...




" As pontas de seus dedos através da minha pele
As palmeiras balançando ao vento,
Imagens
Você cantou canções de ninar espanholas,
A mais doce tristeza em seus olhos
Truque inteligente

Bem, eu nunca quis te ver infeliz
Eu pensei que você queria o mesmo para mim

Adeus meu quase amante
Adeus meu sonho sem esperança
Estou tentando não pensar em você
Você pode apenas me deixar?
Tanto tempo meu romance sem sorte
estou virada de costas para você
Eu deveria saber que você me traria dor de coração?
Quase amantes sempre trazem

Nós andamos ao longo dessa rua movimentada,
Você pegou minha mão e dançou comigo,
imagens
E quando você foi embora, beijou meus lábios
Você me disse que nunca me deixaria esquecer essas Imagens

Bem, eu nunca quis te ver infeliz
Eu pensei que você queria o mesmo para mim

Adeus meu quase amante
adeus meu sonho sem esperança
Estou tentando não pensar em você
Você pode apenas me deixar?
Tanto tempo meu romance sem sorte
minhas costas estão viradas para você
Eu deveria saber que você me traria dor de coração?
Quase amantes sempre trazem

Eu não consigo ir para o oceano
Não consigo dirigir nessas ruas a noite
Não consigo acordar de manhã
sem você na minha mente
Então você se foi, e eu estou assombrada
E eu aposto que você esta bem
É tão fácil assim entrar e sair da minha vida?

Adeus meu quase amante
adeus meu sonho sem esperança
Estou tentando não pensar em você
Você pode apenas me deixar?
Tanto tempo meu romance sem sorte
minhas costas estão viradas para você
Eu deveria saber que você me traria dor de coração?
Quase amantes sempre trazem "

A Fine Frenzy - Almost Lover 

 

 

# Talvez tudo fosse um sonho que por mais que quisesse não despertara á tempo de cessar tais lágrimas que de mim se apossáram por longos dias. Ou talvez não quisesse acordar daquilo que me fazia tão bem. Mas no fundo sabia... A culpa não foi sua. Talvez não minha...


terça-feira, 1 de junho de 2010

Suave dança do amanhecer

Olhei para porta entre - aberta por causa do vento que não era já mais tão frio como na noite passada, ao qual não sentia meus pés.
O sol se levantava depois de alguns dias de férias merecidas e se despedia de sua companheira.
Não tinha força de me levantar, andava com os olhos sobre as prateleiras cheias de cacarecos que amava guardar.

Tantas lembranças continham ali e se os jogasse fora certamente as esqueceria.

A penteadeira bagunçada como de costume com coisas que eu só sabia e lugares que eu só mexia.
Dei imensas voltas encarando o teto várias vezes, quem sabe tentando encontrar forças para finalmente despertar.
Despertador? Não não... Acordar não seria o problema principal das manhãs, levantar seria mais demorado. Havia perdido o mapa de minha cabeceira, então demorei a percorrê-la. Uma linda carta com cheiro de morangos ali pousava perfumando meus sonhos e me fazendo amar cada dia mais o remetente.
Um gesto de cada vez, tudo tem que ser lentamente para que não corra o risco de errar os passos. Não me apresse pois é o melhor do meu dia ...



Mil cartas

Tantas portas eu abri Tentando te encontrar E tantas outras bati Para fingir que te esqueci. Tantas orações eu entoei Não ...